PUuUESiA: Antonin Artaud


Neste PUuUESiA, apresentamos Pour finir avec le jugement de dieu, de Antonin Artaud. Texto precedido pela já habitual introdução escrita e gravada por Benjamim Machado (aka Fernando Machado Silva):

"[...] Artaud pertenceu a essa miríade, pouca, rara, que se diz excepção à regra, onde encontramos Nerval, Hölderlin, Van Gogh, Ünica Zurn, Emma Santos, Ângelo de Lima, António Gancho, que fez obra no seio da loucura – e ele que nunca se disse louco, somente quis ser ele próprio, ser o seu duplo, em perpétua luta por um pensamento, um corpo, uma voz. Porque ele, Artaud, teve o seu inimigo – e tem-lo ainda a cada vez que o lemos e ouvimos – Deus [...]."



(Link AQUI)