TORRE DE DAVID #SQUATING IN THE SKYLINE #chronicle de #transições urbanas

Em dias de discussão sobre movimentos de ocupação em áreas urbanas, o debate sobre espaços devolutos e abandonados das nossas cidades leva-nos a locais onde se realizam e concretizam experiências de  ocupação em larga escala.
É o caso de vários edifícios no centro de Caracas na Venezuela, sendo o mais emblemático a Torre de David (na foto).
Uma crise bancária em 1994 levou à falência do promotor imobiliário da Torre cuja finalidade era a criação do grande centro financeiro da capital do país. No ano seguinte o empreendimento foi nacionalizado pelo estado.
Anos de abandono, o crescimento da população em Caracas e a ausência de respostas de políticas de habitação social levaram a que mais de três mil e quinhentas pessoas ocupem o edifício.
A Torre de David é um símbolo da derrocada de determinado capitalismo da América do Sul e da preponderância do mesmo na construção da cidade.