FIM DO PRAZO PARA AS HORTAS DO VALE DA AMOREIRA


Amanhã, dia 9 de Maio, termina o prazo determinado pela Câmara Municipal da Moita para a erradicação das hortas do Vale da Amoreira.  Assim, a partir desse momento e segundo determinado pelo Presidente da Câmara Municipal da Moita em edital "(...) os Serviços Camarários procederão à execução dos trabalhos de arrasamento de todos os cultivos existentes e demolição de vedações e abarracados, sem existir qualquer responsabilização deste Município, pelos eventuais danos ou perdas de bens pessoais (...)".

Entretanto, um grupo de jovens do Vale da Amoreira organizou uma petição on-line dirigida a João Lobo, Presidente da Câmara de forma a evitar a destruição das hortas e a apelar à edilidade que participe na instalação de infra estruturas de apoio às mesmas.

Para assinar a petição:

 João Lobo - Presidente da Câmara Municipal da Moita

Aqui ficam os últimos depoimentos sobre a situação das hortas:

" Txii, no bairro já não há nada e o que tiram, sinceramente..."

" Bom, para alguns isto não vai fazer sentido, mas eu peço a todos que divulguem isto, é algo muito importante para mim. Eu peço porque os meus pais têm uma horta neste local e como muitas outras famílias que também dependem do mesmo, seria muito mau se perdessem esse mesmo terreno. Peço a colaboração de todos, é muito fácil ajudar, só têm de assinar a petição, juntos conseguiremos acabar com esta desumanidade"

" Assinem, por favor! Pelo menos mostrem que estamos contra este tipo de atitudes"

" O mundo é dos mais fortes e nós pobres somos os fracos até ao dia em que nos juntarmos"

Amanhã de manhã, os utilizadores das hortas vão estar concentrados nas mesmas expectando pelo desenrolar dos acontecimentos.

São cada vez mais as publicações on-line sobre a situação das "hortas da crise" no Vale da Amoreira. Última actualização: