KUDURO INTERNATIONAL CONFERENCE | LUANDA 23 A 25 MAIO


A Comissão Organizadora da KIC – Kuduru International Conference tem lugar de 23 a 25 de Maio de 2012, no Nacional Cine-Teatro, em Luanda, o primeiro evento que reúne especialistas e investigadores nacionais e internacionais, para um debate científico sobre o Kuduro. Tem como tema: “KUDURO, PATRIMÓNIO ANGOLANO PARA A ÁFRICA E O MUNDO” e como slogan: “Conhecer para valorizar”. O objectivo é incentivar o estudo e a prática performativa do Kuduro, debruçando-se sobre a sua génese, criatividade e inovação, e possibilitar aos estudiosos e praticantes a troca de ideias, conhecimento e informação, em torno deste movimento artístico cultural surgido no início da década de 90. 



Já confirmaram a sua participação investigadores angolanos e da Alemanha, Austrália, Reino Unido, Estados Unidos, Portugal, França, Ghana e Brasil. Esta conferência internacional vai examinar como os avanços da tecnologia, cidadania global, transacções interculturais e empréstimos tiveram impacto sobre a génese e performance do Kuduro, através de soluções engenhosas baseadas na inovação e criatividade, a partir de diferentes vertentes.
A abordagem académica é interdisciplinar, centrada em ângulos históricos, musicológicos, da ciência da dança, da linguística e da sociologia. Organizado em painéis temáticos, as comunicações abordarão diversas questões, destacando-se as seguintes: História da música popular angolana; Origem e formação do Kuduro; O percurso histórico do Kuduro e contextualizações; A Anatomia de kuduro; Os processos sincréticos envolvidos em culturas musicais do kuduro; O kuduro e os discursos em torno de uma produção musical jovem periférica; O conceito de Karga na dança de kuduro; Música, Socialização e reprodução de identidades no kuduro; As estruturas do imaginário e o kuduro como texto cultural; Áreas de incidência semântica da linguagem da música kuduro; Reflexões à volta da grafia; O kuduro como meio de educação profissional; A internacionalização do kuduro; As danças e músicas urbanas dos jovens afro-descendentes na periferia de Lisboa; Autenticidade e Pedagogia do Kuduro; Kuduro e Lusofonia; Papel do “I Love Kuduro” na divulgação mundial do kuduro. Solicita-se a participação de todos, devendo os interessados efectuar a sua inscrição, a partir do dia 15 de Maio de 2012, na Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde.
O projecto foi concebido e é organizado pelo Jornal Dos Negócios, Grupo-Editora Sons e Letras; pelo Centro de Estudos de Teatro da Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde e pela investigadora Stefanie Alisch, da Iwalewa-Haus, Museu de Arte Contemporânea e Popular Africana da Universidade de Bayreuth (Alemanha), que assume a responsabilidade da publicação das Actas da Conferência. 

A produção é da responsabilidade da Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde e da empresa Da Banda EntertainmentS,A..

Mais info:  http://www.conferenciakuduro.blogspot.pt/

FEATURING:

Florent Mazzoleni é jornalista, escritor e conferencista especializado em música popular africana e americana. Na KIC 2012 realiza uma apresentação oral sobre "A breve história da música popular angolana: do compromisso político ao reconhecimento internacional".
Aqui um vídeo em que Florent apresenta o livro "Afro pop: láge d´or des grandes orchestres africains":


Jomo Fortunato - Jornalista e Professor Universitário, é pesquisador da musica popular angolana.Tem uma coluna semanal no Jornal de Angola.


Agnela Barros - Directora Executiva da revista Austral da TAAG, Licenciada em Estudos Portugueses e Mestre em Estudos de Teatro. Participou no XI congresso Luso Afro Brasileiro de Ciências Sociais em Salvador com o paper: "Kuduro de Angola: A Exclusão de uma Nova Linguagem". Consultar artigo aqui.

Stefanie Alisch- Dj e musicóloga, é doutoranda da Bayreuth International Graduate School of African Studies sob o tema do kuduro. Publicou "Angolanidade revisited" na Norient - Network For Local and Global Sounds and Media Culture. O artigo explora a importância do kuduro enquanto parte do processo da aformação contemporênea da identidade de de uma nação.aqui


Marta Lança - Editora do Buala vai apresentar "As Danças e músicas urbanas nos jovens afro-descendentes na periferia de Lisboa e a questão lusófona nas várias cidades dos PALOP".