INTERNET TRENDS #marymeeker


Perante todos os desenvolvimentos do informacionalismo, Manuel Castells foi avisando que a deriva de acesso a esses meios atingiu proporções não esperadas por quem as criou. Do mesmo modo, a evolução rápida dos acessos e consumo de wireless, smartphones, etc.. é difícil de prever, especialmente nas novas dinâmicas culturais e sociais.
Mary Meeker, uma analista industrial que trabalhou para a Morgan Stanley,  foi durante muitos anos uma das principais municiadoras de dados da revolução informacional com o "The Internet Report", um evento anual que se tornou legendário.
Agora a trabalhar na Kleiner Perskins Caulfield & Byers, Meeker voltou a apresentar o seu relatório anual, desta vez com a denominação Internet Trends.
Com 112 slides de powerpoint, a analista apresenta-nos os últimos dados dos usos da tecnologia móvel, smartphones, internet e wireless.


Em linhas gerais, o relatório apresenta um consolidado crescimento da internet a nível mundial, assinalando o maior acesso a partir de telemóvel. A nível global há mais de 6 biliões de subscrições de telemóvel. As subscrições de smartphones quase que atinge um bilião.
Na Indía, em apenas quatro anos, o acesso à internet através do telefone superou os laptops/desktops. No Japão, as industrias de videojogos estão cada vez mais orientadas para plataformas portateis.

A deriva de usos para acesso à internet está a originar  uma "re-imagination" em todos os sentidos.

Do ponto de vista económico, e para o universo America Inc., a analista prevê boas evoluções na àrea tecnológica, mas não nas outras. De salientar outro dado interessante, pela primeira vez os gastos em publicidade nos jornais on-line suplantou o do formato em papel.


Mais Mobile na stress.fm:

- Customers in Luanda will enjoy faster mobile download speeds than their counterparts in London

- Mobile Money: Mpeza

- facewatch, instagram, e o actual paradigma tecno-económico. This is not a bubble

Ou consulta do dossier: Mobile