KOWLOON THE WALLED CITY #hongkong uma transição urbana


Ainda durante a vigência britância de Hong Kong, a cidade tinha espaço para um gueto, à margem das autoridades locais, era Kowloon, conhecida como the walled city.

Destruído em 1992, o bairro de Kowloon albergava 50 mil habitantes numa área de 2,5 hectares alojados em arranha céus casuais, construídos andar a andar consoante as necessidades.

Na base da sua construção informal, deu-se lugar a uma sucessão de túneis labirinticos, quase subterrâneos por ausência da luz, preenchidos por todo o tipo de serviços e industria manufactureira.
Dentistas, talhos, oficinas para tecear num controlo exercido em exclusividade pelas tríades até 1974.

Há poucos registos de Kowloon. Greg Girad (autor da fotografia apresentada) foi um deles e ainda resta um documentário alemão de 1989.

Mais fotos em: