Nessuno mi farà del male, de Giacomo Monti

"Este livro foi recentemente adaptado para cinema por outro autor de BD mais ou menos famoso, Gipi (O Local, editado cá em Portugal pela VitaminaBD). "Nessuno mi farà del male", de Giacomo Monti, fundador da revista e do colectivo Canicola, compila várias BD´s suas que saíram nessa publicação e noutras antologias - e talvez haja aqui alguma BD inédita mas, infelizmente, não há créditos no livro para descobrir as suas origens. Significa, desde já, que, para quem tem todos os números da Canicola, 70% do material aqui proposto encontra-se na publicação, o que poderá ser um "mau negócio"... Mas as "novas" BD´s de Monti poderão facilmente convencer os espíritos mais tecnocratas a guardar mais um livro de 168 páginas a preto e branco.
Criados de Casino que vão às putas, ameaças ligeiras de hooligans, o que se faz com um gato morto da vizinhança, visitas (simpáticas ou nem por isso) de alienígena e paparazzis atrás de fotos escandalosas de futebolistas homossexuais, são algumas das desculpas esfarrapadas que Monti usa para nos manipular com "estórias-não-estórias" sobre a dor e solidão humana. Não interessa o motivo que ele descobre para parecer que vamos entrar num mundo diferente e excitante! Logo esse "motivo" se dissipa em "slices of life" desesperantes da vida moderna, em que pouco importa se vamos ser invadidos por OVNIS ou se assistimos a um programa televisivo de culinária. Se muitas vezes achamos as nossas vidas absurdas - e são, seja como for -  a única luz no fundo do túnel é esperar que Monti as transforme em verdadeiras pérolas de narração. Será absurdo comparar aos textos dos filmes do Tarantino? Talvez não..."
texto retirado DAQUI