capa desta semana: Pedro Brito


O Pedro Brito é natural do Barreiro. Começou a explorar a linguagem da BD em 1992, ano em que fundou com o Marcos Farrajota o fanzine Mesinha de Cabeceira. Em 1997 criou, juntamente com Rui Brito e Jorge Deodato, a editora de banda desenhada Polvo.

Tem uma série de livros da sua autoria editados, quer como desenhador, quer como argumentista: Só ouves aquilo que te interessa (Lx Comics #1, Bedeteca de Lisboa; 1998), O Baeta (Quadradinho #14, ASIBDP; 1998), Pano cru (Polvo; 1998-2000), Tu és a mulher da minha vida, ela a mulher dos meus sonhos (desenhos de João Fazenda; Polvo; 2000), Nem carne nem peixe (Polvo; 2000), Beraca (argumento de Sandra Amaro; Polvo; 2002), Franco, o trolha (Polvo; 2002). 

Nos últimos anos dedicou-se à animação 2D, tendo realizado algumas curtas: O Paciente (2002), Sem respirar (2004) e Sem Dúvida, amanhã! (2006).

Actualmente, está a fazer um webcomic chamado Margem Sul.


Visita as páginas do Pedro Brito: