Ossos do Ofício, na Casa da Avenida, em Setúbal


No próximo dia 24 de Novembro de 2012, por voltas das 16:30,  vai ser inaugurada na Casa da Avenida* a exposição colectiva Ossos do ofício – arqueologia de diários gráficos, com trabalhos da Dalila Vaz, Leonor Pêgo, Vanda Vilela, Bernardo Carvalho, David Leitão e Lucas Almeida.

Ao mesmo tempo, vai ser lançada a 1ª edição do Ossos do Ofício, um livro de autor inteiramente organizado, impresso, paginado e dobrado pelo Lucas e pelo David. Inclui trabalhos de toda a malta que participa na exposição.

"Uma pesquisa “arqueológica”, para tirar dos escombros ou da escuridão das gavetas os diários gráficos. 
Limpar o pó, fazer uma selecção; Estética, de equilíbrio e harmonia, das formas e linhas, do contéudo e pertinência; Encontrar desenhos, que resistem à passagem do tempo; Actuais, que cristalizam o presente, o aqui e agora de um qualquer momento; Coisa difícil, tentar passar lá perto, encontrar traços verdadeiros, genuínos, espontâneos. 
Transportar e adaptar os desenhos a outro contexto, à serigrafia. Isolados e adaptados, são impressos lado a lado ou sobrepostos a outros, na busca de uma composição. 
Como resultado final, um livro. Do caos do diário gráfico à ordem livre do livro. O objectivo é um objecto. Um livro de autor, feito com desenhos de seis autores"

* a Casa da Avenida é na Av. Luísa Todi, 288, 2º andar, em Setúbal.