Pão: uma entrevista

No dia 26 de Outubro de 2012 estivemos a assistir ao concerto de Pão na Trem Azul, em Lisboa.  

Pão é um projecto relativamente recente formado por três elementos: o 
Pedro Sousa (saxofone tenor), o Tiago Sousa (órgão, harmonium) e o Travassos (circuit-bending, electrónica, percursões,...).

Deparámo-nos com um som feito à base de drones marcados pelo teclado do Tiago, sobrepostos aos poucos pelo saxofone enfurecido do Pedro e pelos sons mais ambientais das  percursões e dos objectos micados do Travassos. A melodia é praticamente inexistente mas, se nos entregarmos ao som que os Pão nos oferecem, somos transportados para cenários evocados pelo melhor som psicadélico.

PÃO ao vivo na Trem Azul

O Tiago Sousa foi o responsável da já extinta netlabel Merzbau, membro de bandas como os Goodbye Toulouse, e Macadame; lançou recentemente um album a solo chamado Walden Pond’s Monk.


O Travassos para além de fazer parte da editora Clean Feed e de organizar o festival Rescaldo, tem vindo a participar numa série de projectos musicais a solo e em parcerias (FLU, Pinkdraft, One Eye Project, quarteto Big Bold Back Bone, etc.).
 
O Pedro Sousa já apareceu aqui na stress.fm com dois projectos distintos: Canzana e o quarteto Canhão/Sousa/Nogueiro/Ferrandini; os projectos e parcerias do Pedro com outros músicos são imensos: Falaise, ICK, OTO, etc, etc, etc...

Os Pão já gravaram um primeiro album, lançado pela editora shhpuma.

Estivemos à conversa com eles na noite desse mesmo concerto. Podes ouvir a entrevista e parte do concerto: