festival RESCALDO 2013: uma entrevista

"O Festival RESCALDO procura distinguir alguma da mais significativa produção nacional no panorama das músicas de vanguarda – nos mundos da electrónica, da livre improvisação e das tangentes ao vasto espectro do rock e do jazz - assinalando as grandes referências do presente, contextualizando a influência dos seus mais importantes precursores e abrindo portas às visões de futuro."

do programa do festival Rescaldo

O Festival Rescaldo começou a ser organizado n´A Barraca, em Lisboa,
em 2008. Quinta-feira, dia 7 de Fevereiro de 2013, arrancou a sexta edição na Trem Azul, em Lisboa, com os concertos de Go Suck A Fuck e Albatre.

O festival vai decorrer nos dias 7, 8, 9, 14, 15 e 16 de Fevereiro. Com um programa repleto de boa música, algumas surpresas e projectos que nos são completamente desconhecidos, o Rescaldo de 2013 promete vir a ser um evento impar na programação cultural da capital.
  
Estivemos à conversa com o  organizador/comisário do Festival Rescaldo, Travassos. Pedimos-lhe que nos falasse da história e dos objectivos do festival e que fizesse um apanhado dos músicos e bandas que vamos poder ver durante estes dias.
 
Aproveitámos também para falar sobre a Shhpuma, editora directamente ligada ao Rescaldo, que acabou de lançar 3 discos novos: PARQUE, Joana Sá & Luís José Martins e Albatre. Estes dois últimos projectos tocaram durante o primeiro fim-de-semana do festival.

Podes ouvir a conversa com o Travassos aqui:


A entrevista é acompanhada com a primeira faixa do novo disco da Joana Sá e do Luís José Martins, lançado pela Shhpuma, "Almost a Song". Chama-se "Cantiga de Amor".


Artigos relacionados: