INURA 2013 #Lisboa



Começa hoje dia 23, oficiosamente com um Welcome Dinner no Regueirão dos Anjos, e oficialmente no dia 24 a conferência INURA 2013.

O INURA é uma rede internacional constituída maioritariamente por activistas e investigadores de grupos comunitários e ambientais, universidades, administração local; que se reúnem para partilhar experiências e procurarem objectivos comuns.

Todos os anos, a rede promove um encontro anual, cujos temas giram em torno da cidade de acolhimento. Este ano é Lisboa.

No encontro deste ano pretende-se que Lisboa seja simultaneamente metáfora e realidade; para a actualidade mundial e suas consequências espácio-temporais.

Assim, o outline da conferência propõe como ponto de partida a realidade local: país pequeno, semi-periférico, antiga potência colonial, em crise; e reflectir sobre a necessidade de novas governanças que construam cidade e sociedade a partir da reinvenção das relações entre comunidades, países e instituições. 

No contexto da conferência, a Área Metropolitana de Lisboa é entendida como laboratório de observação das experiências que ilustrem a Metáfora, procurando caminhos que contribuam para a compreensão:

em termos das irracionalidades urbanas;

- Como é que as dinâmicas urbanas são influenciadas pelo capitalismo global?
- Que visibilidades são impostas à paisagem urbana pela
austeridade imposta a Portugal por instituições supra-nacionais?
- Esses imperativos internacionais criam eficiência e racionalismo ou, pelo contrário, convertem-se em novas irracionalidades urbanas?

de Portugal como metáfora:

- Em crise, com a redução das possibilidades de implementação de políticas públicas, poderá a política ser influenciada e absorver de forma mais flexível contributos e propostas de base?
- Será que o contexto de crise tem permitido a emergência de formas de governança mais abertas a aceitar o conflicto ou, continuará a pensar a participação cidadã como um instrumento de pacificação social?
- Como é que se está a construir colectivamente cidade e  sociedade a partir da ausência de políticas públicas?
- Quais são os aspectos visíveis no tecido urbano da Área Metropolitana de Lisboa, das invariantes e transformações da relação entre Portugal e as antigas colónias, bem como entre os portugueses e as comunidades imigrantes desses países?

A stress fm vai dando notícias desses caminhos. Todo o programa pode ser consultado aqui:http://www.ces.uc.pt/eventos/inura2013/media/FINAL_INURA_Program_19_06_2013.pdf



com: Giovanni Allegretti, Claudia Pato Carvalhi, Alessandro Colombo, Antje Disterheft, Nancy Duxbury, Roberto Falanga, António Brito Guterres, Sílvia Lima, Regina Malheiro, Juliana Torquato Luiz, Gonçalo Canto Moniz, Alberto Pereira, Ana Pinho, Rita Oliveira, Rita Silva, Leonardo Veronez de Sousa, Luhuna Carvalho, Graça Fonseca, Boaventura Sousa Santos, Phillip Klaus, Barry Hatton, Maria João Freitas, Vitor Campos, Vitor Escária, Pedro Bingre, Ana Amendoeira, Nuno Caleia Rodrigues, Michael Edwards, Walter Rossam Paula Meneses, Sara Araújo, Diana Andringa, Jorge Malheiros, Isabel Raposo, Sandra Almeida, Thomas Walgrave, Flavio Almada, Sílvia Rodrigues Maeso, Pedro Hespanha, Miguel Brito, João Seixas, Jorge Cancela, Madalena Hibon, José Manuel Henriques, João Queiroz.