MOTELx 2013 Cinema, terror, fantástico.





De 11 a 15 de Setembro o terror e o fantástico regressam ao Cinema São Jorge com o festival MOTELx.

Um festival que se consolidou nos últimos anos como um dos mais importantes eventos culturais da cidade de Lisboa prima por trazer à capital Portuguesa as grandes mentes criativas do mundo do terror e do fantástico - o MOTEL teve “quartos reservados” para Dario Argento, John Landis, George Romero ou Eli Roth. 

Nesta sua 7ª edição o Festival Internacional de Terror de Lisboa alarga a lista de ilustres presenças com Tobe Hooper (realizador de Poltergeist e Massacre no Texas) que é o escolhido para o espaço “Culto dos Mestres Vivos” e Hideo Nakata (realizador de Ringu - filme que deu origem ao remake norte americano The Ring) que é o primeiro convidado especial do terror asiático, inserido na secção “Japão Retro” e que apresenta na secção “Serviço de Quarto” o seu mais recente filme de terror: The Complex - Kuroyuri danchi, no título original. 

No que toca às longas metragens em exibição a lista de filmes daquela que é a secção principal do festival - “Serviço de quarto” é composta por: ABC’s of Death, uma antologia de terror que contém 26 curtas cada uma devota a uma letra do alfabeto e realizada por um diferente realizador; Byzantium, que tem como protagonistas um duo vampírico de mãe e filha (Gemma Arterton e Saoirse Ronan, respectivamente) da realização de Neil Jordan (realizador de Entrevista com o Vampiro); Chained, Thriller/Slasher realizado por Jennifer Chambers Lynch (filha de David Lynch); Dark Touch, de Marina de Van; Insensibles, uma co-produção Luso-Franco-espanhola realizada por Juan Carlos Medina; Kiss of the Damned, filme gótico sobre vampiros, escrito e realizado por Xan Cassavetes, filha de John Cassavetes; The Complex, terror japonês sobrenatural realizado pelo convidado especial desta edição, Hideo Nakata, The Conjuring, filme de terror sobrenatural baseado numa história real e realizado por James Wan; The Lords of Salem, filme de terror independente produzido e realizado por Rob Zombie; V/H/S/2, uma antologia de 7 curtas de 7 realizadores diferentes e cujo primeiro volume foi apresentado na edição do ano passado deste festival.



Este ano no espaço dedicado às curtas metragens nove criações nacionais competem pelo prémio cujo nome celebra a entrada da Yorn como patrocinador oficial. A concorrer ao Yorn MOTELx - Melhor Curta de Terror Portuguesa 2013 será exibido: A Herdade dos Defuntos, de Patrick Mendes; Bílis Negra, de Nuno Sá Pessoa; Desespero, de Rui Pilão; Hair, de João Seiça; Longe do Éden, de Carlos Amaral; Monstro, de Alex Barone; Nico, A Revolta, de Paulo Araújo; O Coveiro, André Gil Mata e Sara de Miguel Ângelo. O vencedor receberá um prémio monetário de 3000 euros, a que acrescem 2500 euros em serviços de pós-produção vídeo e ainda um fim-de-semana de inspiração num dos Hotéis Belver, um dos patrocinadores do festival. Esta secção terá um júri composto por Safaa Dib, co-fundadora do Fórum Fantástico, editora da Bang e vice-presidente da Épica; Thierry Phlips, presidente do Festival Razor Reel em Bruges e Nuno Markl, humorista, locutor de rádio, apresentador de televisão, escritor, cartunista...


Na secção “Quarto Perdido” dedicado aos filmes de género Portugueses será exibido “Os Censurados” um conjunto de dois filmes que liga três homens cuja obra foi alvo de censura: Bernardo Santareno que é base literária dos dois filmes que serão apresentados; Manuel Guimarães, realizador de O crime da aldeia velha - um dos filmes da exibição, e António Macedo, realizador de A promessa, a outra metade do conjunto a exibir na secção.


Voltam os habituais espaços dedicados aos jogos de terror, com a Tarde de Jogos (Pouco) Assustadores, um evento dedicado ao mundo dos jogos de tabuleiro, de entrada livre e para toda a família e que continua pela noite dentro para o público mais adulto com a Noite de Jogos de Terror. No campo da formação estão marcadas a Masterclass Dédalo, sobre o spot publicitário do festival; a Masterclass Webseries Daddy Cross, sobre como fazer um filme sem equipa, sem dinheiro e sem elenco e que toma por base, como o próprio nome indica, a obra Daddy Cross que esteve em exibição na edicão do ano anterior; o Workshop de Caracterização - Iniciação às Proteses, com João Rapaz e Helena Batista; o Workshop de Animação.

Secção Serviço de Quarto

  • Dark Touch:
Secção Quarto Perdido:


Prémio Yorn MOTELx - Melhor Curta de Terror Portuguesa: