WAKE UP EUROPE @SPIELART13 #MUNCHEN


Entre 22 e 24 de Novembro, decorre em Munique, enquadrado no festival Spielart, o Wake Up - uma assembleia para uma Europa diferente. Com venue no Muffatwerk, essa assembleia contará com performances, palestras, discussões que ajudem na criação de um espaço informativo, de interrogações e inspiracional.

Aqui fica o abstract do Wake Up Europe:

«Até a eclosão da crise financeira , há cinco anos , a Europa parecia estável e imperturbável . Desde então, têm ocorrido cataclismos de difícil compreensão e concordância. Pela primeira vez na história recente, o futuro do continente parece incerto . Na Grécia, Espanha, Irlanda, Portugal e Chipre , os países do fundo de resgate do euro, os estilos de vida das pessoas estão mudando drasticamente como consequência das medidas de austeridade infligidas . Os números do desemprego sobem. Os sistemas de protecção social e de cuidados de saúde em muitos lugares estão prestes a entrar em colapso. Até agora , as redes de clientelismo e estruturas de poder existentes impediram novos começos políticos. O resultado foi um grande número de protestos , mesmo os violentos. Ao mesmo tempo , formaram-se movimentos activistas e grupos - no início a nível local, e desde então cada vez mais transfronteiriços. Esses movimentos e grupos não são apenas tentando absorver os cortes nas redes dos Estado Social , eles também estão a criar modelos económicos , políticos e artísticos alternativos. Pretendem desenvolver perspectivas pessoais e sociais para a acção, redesenhando a política de baixo para cima , e desta forma a fornecer impulsos para o futuro.  

Surpreendentemente, até agora a Alemanha parece estar imune a estes acontecimentos. A situação é romanceada e confusa, até para especialistas. Além do atual sucesso/protesto do partido AfD, a opinião predominante na Alemanha é " seguir em frente. " " A melhor alternativa " de Merkl  parece ser do consenso geral . A Alemanha é um pagador generoso , mas relutante, e um observador distanciado da " rotina de resgate. " E assim, ao longo dos últimos meses, desenvolveu-se um afastamento na Europa, entre uma " escola magistral " aparentemente " trabalhadora" a Norte,  e um Sul que " diverter-se " e "preguiça" . Designações como "porcos" para Portugal , Irlanda , Grécia e Espanha levantam a questão de como é que vai ser possível o convívio dos países da Europa num futuro próximo.»

A Stress.FM vai estar em Munique por estes dias a acompanhar o Wake Up Europe.